Streaming

Propaganda de poucas palavras
30 de janeiro de 2018
Qual é o maior valor da sua empresa?
5 de abril de 2018

Os vídeos dominaram as redes sociais. E também o dia a dia das pessoas.
Cada vez mais as pessoas entram com facilidade em vídeos de filmes e conteúdos e cada vez menos estão dispostas a ler textos ( principalmente os longos…)
Esse comportamento tem influenciado as tendências de marketing digital e esse padrão que vem se repetindo não só aqui mas em todo o mundo ( graças à internet de alta velocidade) precisa ser considerado na hora de construir suas estratégias de comunicação.

 

Gerar esse tipo de conteúdo em vídeo de forma rápida e eficaz tem se tornado o alvo para 2018 em muitas empresas.
Investir em conteúdo próprio, seja institucional, tutoriais ou apenas conteúdo informativo é um diferencial para se sobressair em meio a tantos concorrentes. Além do conteúdo que precisa ser exposto, é bom lembrar que os vídeos precisam conseguir cativar seu público, nem sempre fazendo uma venda direta, mas criando conexões com as pessoas, assuntos e histórias próximas ao cotidiano delas, ou que reflitam seus sonhos e expectativas.

 

Esse vínculo vai ajudar a construir maior aceitação das suas divulgações por parte dos clientes e facilitar a o aumento da credibilidade da marca.
Seu posicionamento nos buscadores ou o alcance nas redes sociais depende muito da relevância, aceitação e interação das pessoas com o seu conteúdo. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de desenvolver suas abordagens.
Principalmente a geração abaixo de 25 anos já cresceu com uma nova maneira de pensar acostumada com o virtual, os aplicativos, sites, chats e buscadores, conseguindo resolver problemas e situações com uma velocidade elevada.
As marcas e negócios devem estar atentos a essas modificações de comportamento para conseguir acompanhar e responder na mesma velocidade que hoje é requerida.