Minha empresa deveria fazer ações sociais?

Desafios de marketing do setor alimentício
13 de abril de 2018
MacNeeds em Los Angeles – 2 Prêmios Internacionais
2 de agosto de 2018

A MacNeeds propaganda atende anualmente dezenas de empresas e faz milhares de ações. Dentre esse montante surgem questões diversas e estratégias inúmeras de comunicação, vendas ou conscientização. Entre elas, estão as ações sociais.

Sempre em número bem reduzido ou quase inexistente, as iniciativas de apoio a causas sociais e entidades assistenciais de diversos setores, são terreno complicado…

Este mês estamos produzindo diversos projetos desse gênero. Campanha de arrecadação de agasalhos, inclusão de portadores de necessidades especiais, reformas de prédios carentes necessitados, auxílio ao Lar da Criança Feliz, ao Lar dos Velhinhos, além de outras ações de doação de roupas e alimentos em cidades da região.

A característica comum entre eles é que é sempre muito difícil de conseguir ajuda. Quem levanta uma bandeira a ser defendida vai precisar contar com a boa vontade de voluntários, contar com a adesão da população e ainda o auxílio de empresas, profissionais, amigos e quem mais puder contribuir com qualquer coisa que seja.

Então fica a pergunta inicial: minha empresa deveria fazer ações dessa natureza?

Talvez a resposta está mais ligada ao motivo disso.

Se você for escolher uma causa para fazer ações de auxílio somente para constar como uma empresa responsável e que pensa responsavelmente na sociedade, na cidade, nos animais ou no planeta, estará só fazendo para sua imagem de mercado e não de fato para esses objetivos de fato.

É claro que traz benefício para a imagem da sua marca quando você apoia alguma causa. Mas o verdadeiro motivo pelo qual toda empresa deveria fazê-lo é por que é preciso.

São milhares de negócios pelo país, movimentando a economia e vivendo graças ao mercado e à sociedade onde está inserida, nada melhor e mais lógico do que ajudar, no que puder, as pessoas e a cidade que compõe sua área de influência a terem melhores condições e menos desigualdade.
Imagine se cada empresa tivesse uma pequena ação nesse sentido, a diferença que faria no País.

Se cada empresa adotasse uma entidade carente, uma praça, uma causa. Aí sim faríamos mais do que melhorar a imagem da marca, melhoraríamos o propósito de existir os nossos negócios.